A carregar...

Assistências Especiais

Se necessitar de assistência especial, no aeroporto e/ou durante o voo, basta que informe a sua agência de viagens, para que a WHITE coordene todos os procedimentos necessários. A WHITE providenciará para que a sua passagem pelo aeroporto se processe com todo o conforto e rapidez. Terá atendimento prioritário no check-in e embarque.


São consideradas assistências especiais: 

  • Passageiros que necessitem de cadeira de rodas;
  • Menores desacompanhados;
  • Invisuais;
  • Surdos;
  • Outros casos médicos.

Grupos de passageiros que necessitem de Assistências Especiais deverão ser coordenados previamente com a WHITE, estando sujeitos a limitações.


Pessoas com Deficiência e Pessoas com Mobilidade Reduzida

1 - Conceito
O conceito de "pessoas com deficiência" e de "pessoas com mobilidade reduzida" para efeitos de transporte aéreo consta da alínea a) do Artigo 2.º do Regulamento (CE) N.º1107/2006 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 5 de Julho de 2006:

a) "Pessoa com deficiência" ou "pessoa com mobilidade reduzida" é qualquer pessoa que se encontre limitada na sua mobilidade quando utiliza um meio de transporte devido a qualquer incapacidade física (sensorial ou locomotora, permanente ou temporária), incapacidade ou deficiência intelectual ou qualquer outra causa de incapacidade, ou idade, e cuja situação exija uma atenção adequada e a adaptação do serviço disponibilizado a todos os passageiros às suas necessidades específicas.


2 - Princípio Geral - Proibição de recusa de embarque
As transportadoras aéreas não podem, com fundamento na deficiência ou na mobilidade reduzida recusar o seu embarque. No entanto, poderá verificar-se derrogação desse direito por razões de segurança imposta pela Entidade Aeronáutica.
Por outro lado, e também por razões de segurança existem restrições na atribuição dos lugares a bordo das aeronaves, às pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida.


3 - Assistência 

  • Nos aeroportos, cabe às entidades gestoras aeroportuárias assegurar a prestação de assistência, tal como se encontra especificado no Regulamento (CE) acima identificado. 
  • Assim, também, as transportadoras aéreas devem prestar assistência às pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida, tal como consignada no mesmo Regulamento (CE), permitindo, nomeadamente, o acompanhamento por cão-guia (ver 3.1 abaixo) e de peças de equipamento de mobilidade (p.ex: cadeiras de rodas - ver 3.2 abaixo). 
  • A WHITE AIRWAYS aconselha os passageiros com grandes dificuldades de mobilidade ou que estejam dependentes de apoio de terceiros sejam acompanhados por outra pessoa, para seu próprio conforto. No entanto, se um passageiro desejar viajar sozinho por estar convicto de não necessitar de ajuda ou apoio, poderá fazê-lo, mas será avisado de que a WHITE AIRWAYS não garante assistência especial durante o voo, tal como, assistência na alimentação e deslocação dentro da cabine. Os passageiros não necessitam de apresentar autorização médica para poderem viajar na WHITE AIRWAYS, a não ser que, para além da deficiência ou da mobilidade reduzida, apresentem problemas de saúde que indiciem tratar-se de problema clínico.


3.1 - Cães-guia
Os passageiros invisuais deverão informar a WHITE AIRWAYS através da sua agência de viagens, da intenção de transporte de um cão-guia. No aeroporto ser-lhes-á prestada assistência especial.


Condições para aceitação de cão-guia a bordo:

  • De acordo com a Lei Portuguesa, os cães podem viajar sem açaime; 
  • Os cães não poderão deslocar-se pela aeronave nem ocupar lugar na mesma;
  • O transporte de cães-guia é gratuito.


3.2 - Cadeiras de rodas
Conforme o estipulado no Regulamento Comunitário acima identificado, sempre que um passageiro deseje viajar com a sua própria cadeira de rodas, deverá avisar desse facto a transportadora aérea, através da sua agência de viagens, com pelo menos 48 horas de antecedência, informando simultaneamente, as dimensões e características técnicas.


A WHITE AIRWAYS repete aqui o que foi já escrito em 2 acima - por razões de segurança existem restrições na atribuição de lugares a bordo das aeronaves, nomeadamente junto às saídas de emergência.


Caso o passageiro com deficiência ou com mobilidade reduzida viaje acompanhado, a WHITE AIRWAYS desenvolverá todos os esforços para atribuir um lugar próximo desses passageiros.


A WHITE AIRWAYS coloca à disposição dos passageiros os seguintes serviços:

  • Cadeira de Rodas Rampa (WCHR):
    Este Serviço destina-se a passageiros com mobilidade reduzida que conseguem subir e descer escadas e movimentar-se dentro da cabine do avião.
  • Cadeira de Rodas Escadas (WCHS):
    É aplicável a passageiros com mobilidade reduzida que não conseguem subir ou descer escadas.
  • Cadeira de Rodas Cabine (WCHC):
    É aplicável a passageiros com mobilidade reduzida que não conseguem subir ou descer escadas e movimentar-se dentro da cabine.


Este serviço deverá ser solicitado à agência de viagens no momento da reserva, com o mínimo de 48 horas de antecedência.


Nota:
Todos os serviços são gratuitamente prestados pela WHITE AIRWAYS.
Nos aeroportos da UE este serviço é prestado pelas entidades aeroportuárias.